sábado, 4 de abril de 2009

Será que as estrelas também se movem?

Este é um vídeo incluído na famosa série Ask an Astronomer ("Pergunta a um Astrónomo" - para feed deste videocast clique aqui) que faz parte da colecção de vídeos do serviço educativo do Telescópio Espacial Spitzer da NASA (os mesmo vídeos podem ser encontrados nos canais SpitzerJim e SpitzerScienceCenter do YouTube).

Neste episódio, Steve Lord explica-nos como é que aquilo que hoje tomamos como óbvio, o movimento das estrelas em volta do centro da sua galáxia, resultou do esforço de compreensão das observações ao longo dos séculos. Referindo apenas alguns nomes que contribuíram para a descoberta do universo (não se poderia pedir mais em pouco mais de 2 minutos): desde os trabalhos de Hiparco, passando pela proposta heliocêntrica de Nicolau Copérnico, e as mudanças de posição relativa de determinadas estrelas, comparativamente às medições de Hiparco, descoberta por Edmond Halley, ...
Curiosamente HiPParCoS - High Precision Parallax Collecting Satellite - foi um satélite lançado pela Agência Espacial Europeia permitiu medir entre 1989 e 1993 a distância e os movimentos de mais de 2,5 milhões de estrelas a menos de 150 parsec da Terra

Trajectória de uma estrela no céu; Fonte: Wikimedia Commons; Autor: Michael Perryman; Licença: Creative Commons Attribution ShareAlike 3.0


Legendas adicionadas a vídeo (ver aqui transcrição do texto original) do canal SpitzerScienceCenter do YouTube:



Mensagens relacionadas deste blogue:

2 comentários:

Stone disse...

Deixe-me classificar o seu blog em público. Excelente!

Carlos Portela disse...

Obrigado pelo comentário.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails