quinta-feira, 12 de março de 2009

Princípios de conservação

Para um físico "uma lei de conservação significa que existe um número que pode calcular num dado momento e que, embora a Natureza passe por uma grande profusão de mudanças, se voltar a repetir o cálculo, o ressultado é o mesmo. Esse número é, pois, invariante. Um exemplo é a conservação de energia. (...) Imaginemos que uma mãe deixa o seu filho sozinho num quarto a brincar com 28 cubos absolutamente indestrutíveis. A criança brinca com os cubos durante todo o dia e a mãe, quando regressa a casa, verifica que ainda existem 28 cubos; constatando, assim, a conservação dos cubos! A cena repete-se durante algum tempo, até que um dia, ao voltar a casa, encontra só 27 cubos. No entanto, encontra um cubo caído fora da janela, para onde a criança o tinha atirado. A primeira coisa que é necessário compreender numa lei de conservação é que tem de se verificar se a matéria observada não passa para o outro lado da parede. O inverso também poderia ter acontecido: um amigo podia ter vindo brincar com a criança, trazendo alguns cubos consigo. Obviamente, estas questões têm de ser consideradas quando se discutem leis de conservação. Suponhamos que um dia, ao contar os cubos, a mãe nota que só há 25, mas suspeita de que a criança escondeu três numa caixa de brinquedos. "Vou abrir a caixa", diz então. "Não", responde a criança, "não podes abrir a caixa." Como a mãe é inteligente, diria: "Sei que a caixa vazia pesa 600 g e que cada cubo pesa 100 g, de modo que vou pesar a caixa." Assim, para obter o número total de cubos a mãe escreveria:
Número de blocos observados + (Peso da caixa - 600 g)/100 g, sendo o resultado 28.

Este método funciona bem durante algum tempo, mas um dia a soma não dá certo. A mãe verifica, porém, que o nível de água suja numa bacia mudou. Sabe que a profundidade da água é de 6 cm, se não houver cubos no fundo, e que o nível subiria de 0,5 cm se um cubo estivesse dentro da água. Junta então um novo termo, ficando agora com:
Número de blocos observados + (Peso da caixa - 600 g) / 100 g + (Altura da água - 6 cm) / 0,5 cm, sendo o novo total de 28.

À medida que aumenta o engenho do rapaz, aumenta também o da mãe, que, de cada vez, tem de somar mais termos, todos representando cubos. Do ponto de vista matemático, trata-se de cálculos abstratos, uma vez que os cubos estão escondidos." Richard P. Feynman, O que é uma lei física?, tradução de Carlos Fiolhais, Gradiva, Lisboa, 1989, pp. 77, 89, 90.

Piaget investigou a construção de diversos conceitos, incluindo o da conservação da "quantidade", como é exemplificado neste vídeo.
Legendas adicionadas, por José Otavio Baldinato, a vídeo do canal pauloslomp do YouTube:


Mensagens relacionadas deste blogue:

1 comentário:

fatimavieira disse...

Tem um blogue com conteúdos muito úteis e interessantes.
Parabéns pelo trabalho.

Fátima Vieira

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails