domingo, 4 de janeiro de 2009

Por que é que os eclipses solares só são visíveis em certos locais?

Este é um vídeo incluído na famosa série Ask an Astronomer ("Pergunta a um Astrónomo" - para feed deste videocast clique aqui) que faz parte da colecção de vídeos do serviço educativo do Telescópio Espacial Spitzer da NASA (os mesmo vídeos podem ser encontrados nos canais SpitzerJim e SpitzerScienceCenter do YouTube).

Neste episódio, cuidadosamente legendado pela professora Anabela Estudante, Susan Stolovy (ver aqui os seus artigos no ScientificCommons, um projecto da Universidade de St. Gallen, Suiça) explica-nos por que é que existem eclipses solares e por que é que cada eclipse solar é apenas visível em determinadas regiões do planeta.

Para um registo detalhado dos eclipses, do Sol e da Lua, passados e futuros, pode consultar a página da NASA correspondente aqui.
Na fotografia tirada a 29 de Março de 2006, reproduzida abaixo, vê-se a umbra da lua no Sul da Turquia e Norte do Chipre. As pessoas que vivem nestas regiões puderam testemunhar um eclipse total da Lua nesse dia.
Fotografia da sombra da Lua na Terra vista da ISS (eclipse solar total de 29 de Março de 2006), Fonte: wikimedia.org; Créditos: NASA; Domínio Público


Pode ver aqui uma applet da Agência Espacial Canadiana que pode também ajudar à compreensão deste fenómeno.

Legendas adicionadas, por Anabela Estudante, a vídeo (ver aqui transcrição do texto original) do canal SpitzerScienceCenter do YouTube:



Mensagens relacionadas deste blogue:

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails