domingo, 11 de janeiro de 2009

O que é que origina um eclipse da Lua?

Este é um vídeo incluído na famosa série Ask an Astronomer ("Pergunta a um Astrónomo" - para feed deste videocast clique aqui) que faz parte da colecção de vídeos do serviço educativo do Telescópio Espacial Spitzer da NASA (os mesmo vídeos podem ser encontrados nos canais SpitzerJim e SpitzerScienceCenter do YouTube).

Neste episódio, Doris Daou (ver aqui a sua tese de doutoramento no ScientificCommons, um projecto da Universidade de St. Gallen, Suiça) explica-nos por que é que existem eclipses lunares e por que é que não existe um eclipse da Lua todas os meses sempre que a Lua está Cheia: o plano da órbita da Lua está inclinado em relação ao plano da eclíptica (órbita da Terra) e, por isso, a Lua nem sempre atravessa a sombra da Terra.

O tipo de eclipse depende da posição da Lua em relação à sombra da Terra: se a Lua fica toda contida na umbra o eclipse é total; se a Lua fica parcialmente contida na umbra o eclipse é parcial; se a Lua fica na penumbra temos um eclipse penumbral e se a Lua fica fora desta zona não existe qualquer eclipse.
Posição da Lua em relação à sombra da Terra; Imagem criada por Tom Ruen; Fonte: Wikimedia.org; Domínio Público


Legendas adicionadas a vídeo (ver aqui transcrição do texto original) do canal SpitzerScienceCenter do YouTube:



Mensagens relacionadas deste blogue:

1 comentário:

Os Ama Dores disse...

Ta horrivel esse lance do cancelamento do Overstream

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails