sábado, 6 de dezembro de 2008

Mais episódios do Hubblecast: quanto maior melhor, a tecnologia pode salvar-nos, da prata ao silício, ver um exoplaneta e ver o invisível


A entrada Hubblecast: vídeocast do telescópio espacial Hubble foi actualizada com cinco novos vídeos:

Episódio 19: Quanto maior melhor (no YouTube ou no arquivo do sítio web do Hubble) (adicionado ao YouTube a 3 de Setembro de 2008). Se as tuas pupilas tivessem um diâmetro de 1 metro, terias uma visão sobrenatural. Como as nossas pupilas não podem ser assim tão grandes, construímos telescópios.

Episódio 20: A Tecnologia salvou as observações (no YouTube ou no arquivo do sítio web do Hubble) (adicionado ao YouTube a 1 de Outubro de 2008). A óptica adaptativa e a interferometria permitiu-nos ver o universo com maior profundidade.

Episódio 21: Da prata ao silício (no YouTube ou no arquivo do sítio web do Hubble) (adicionado ao YouTube a 3 de Novembro de 2008). O digital revolucionou, também, a astronomia: o silício substituiu a prata, o pixel substituiu o grão.

Episódio 22: O Hubbble observa directamente um planeta a orbitar a estrela Fomalhaut (no YouTube ou no arquivo do sítio web do Hubble) (adicionado ao YouTube a 14 de Novembro de 2008).

Primeira imagem óptica de um exoplaneta (Fomalhaut b),

Créditos: NASA, ESA and P. Kalas (Universidade da California, Berkeley, USA)


Episódio 23: Ver o invisível (no YouTube ou no arquivo do sítio web do Hubble) (adicionado ao YouTube a 25 de Novembro de 2008): do universo rádio ao universo de raios gama, passando por outros como o universo infravermelho, ultravioleta, de raios X, ...

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails