quinta-feira, 31 de julho de 2008

Estaremos sózinhos?

Neste vídeo da PBS Nova (Science Programming on Air and Online), Neil deGrasse Tyson (actualmente o mais conhecido astrofísico americano) ajuda-nos a perceber como o homem está ainda a dar os primeiros passos na procura de vida inteligente extraterrestre: o projecto SETI.

Nesta busca os investigadores distinguem civilizações avançadas de não avançadas. Uma civilização avançada é aquela com a capacidade de enviar sinais electromagnéticos através do espaço (comunicação interestelar). Com base nesta definição, a civilização humana só se tornou avançada no século passado, quando se iniciou todo o processo de rádio e teledifusão via satélite.

Visão artística do sistema ATA-350 por Isaac Gary,

Licença GNU de Documentação Livre


A Rede de Telescópios Allen (Allen Telescope Array ou ATA) resulta do esforço conjunto do Instituto SETI e do Laboratório de Radioastronomia da Universidade da Califórnia, Berkeley para construir um radiointerferómetro que se dedique tanto a observações astronómicas como à procura de Inteligência Extraterrestre (SETI). Este sistema está a ser construído no Observatório Astronómico de Hat Creek e quando estiver acabado incluirá 350 antenas. A primeira fase com 42 antenas (ATA-42) já está completa e começou a funcionar a 11 de Outubro de 2007.

Legendas inseridas sobre vídeo disponibilizado no canal Acorvettes do YouTube recorrendo ao webware overstream:



Mensagens relacionadas deste blogue:

1 comentário:

Isis disse...

Pode até demorar... Mas com certeza irão encontrar vida não inteligente. Agora, vida inteligente vai demorar mais um poucão. Aliás, pode até ser que já tenhamos encontrado, mas não consigamos captar seu sinal. Essa vida pode ser diferente da nossa...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails