quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

O Segredo Embaraçoso de Newton

Reconstrução das anotações de um vídeo divulgado numa entrada anterior deste blogue (3 de Abril de 2007).

Vídeo em que Brian Greene, Steven Weinberg e ... mostram como a teoria de gravitação de Newton não se concilia com a finitude da velocidade da luz. Este conflito gerou uma nova visão da gravidade: a teoria geral da relatividade.

Curvatura do espaço-tempo, Licença GNU de Documentação Livre


Primeira parte do 2º episódio da série "O Universo Elegante". Este vídeo faz parte da série O Universo Elegante (3 horas) escrita, produzida e realizada por Joseph McMaster (Nova - Science Programming on Air and Online): oito episódios em que cada um deles está subdividido em três partes (24 vídeos).

Série baseada no livro "O Universo Elegante" de Brian Greene (Aventis Science Prize 2000 para o melhor livro de ciência em língua inglesa): supercordas, dimensões ocultas e a busca da teoria final.

Anotações adicionadas a vídeo disponível no canal sintoniasaintgermain do YouTube, recorrendo ao webware overstream:



Mensagens relacionadas deste blogue:

2 comentários:

L.F. disse...

Ótimo vídeo. Mas acho que Newton não estava "errado". Ele apenas assumiu um ponto de vista diferente. Como todo cientista, chega um momento, em que é preciso estabelecer algumas hipóteses, para que o resto da teoria se encaixe. E Newton não sabia o que era a gravidade, em si, embora entendesse seu mecanismo básico.
O que Einstein fez, foi aperfeiçoar a teoria newtoniana, pois sem a teoria newtoniana, não haveria Einstein.

Carlos Portela disse...

Concordo contigo quando dizes que Newton não estava errado.
No entanto, Newton desconhecia o mecanismo básico da gravidade.
Na verdade esse mecanismo é, ainda hoje, um verdadeiro quebra-cabeças que parece quase insolúvel.
Einstein conseguiu atingir intuições notáveis sobre o funcionamento da natureza porque pode subir aos ombros de gigantes para ver mais longe. Um desses gigantes foi Isaac Newton.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails