quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Fábricas de elementos químicos: as estrelas

Durante a maior parte do tempo de vida de uma estrela, esta converte, fundamentalmente, os núcleos de hidrogénio-1 (protão) em núcleos de hélio-4.

Mas, em fases posteriores, as estrelas conseguem "fabricar", por fusão nuclear, elementos mais pesados.

Nas gigantes vermelhas pelo menos até ao oxigénio e nas supergigantes vermelhas até ao ferro.

Mas é no ferro que termina o caminho usual da fusão nuclear. Então de onde é que vêm os elementos mais pesados do que o ferro?

Os elementos mais pesados do que o ferro são produzidos nas supernovas: explosão tremendamente energética na fase final das estrelas "grandes" (de massa superior a oito massas solares).

Vídeo disponibilizado pelo YouTuber MrCristea.

Neste vídeo da série de ciência Origins da PBS Nova (Science Programming on Air and Online), Neil deGrasse Tyson (actualmente o mais conhecido astrofísico americano) conta-nos a história dos elementos. São também entrevistados os astrofísicos Robert Kirshner (Universidade de Havard) e Stan Woosley (Universidade da Califórnia, Santa Cruz).





Legendas inseridas sobre o vídeo referido, recorrendo ao webware overstream (reconstrução a 2 de Janeiro de 2008):



4 comentários:

Pedro Caldeira disse...

Olá Carlos

Excelente video e excelente blog !!!

Parabéns e obrigado pelo seu trabalho.

Pedro Caldeira

Carlos Portela disse...

Boas,

É sempre estimulante saber que o nosso trabalho pode agradar aos outros...

Obrigado pelo comentário.

asavoadora disse...

Carlos
Gostei do trabalho obrigado pelo esforço dispendido na tradução, isto é trabalhar a sério no ensino, é isto faz diferença nos nossos alunos, estes pequenos tijolos quando bem colocados produzem alunos capazes de enfrentar a aridez do antigo modo de ensinar.
JOão Pinto

Carlos Portela disse...

João
obrigado pelo elogio. Dá-me energia para poder prosseguir.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails